4 Sintomas de Cálculo renal

O que é o Cálculo Renal

O cálculo renal é um quadro clínico que acontece quando a urina tem sua composição desbalanceada. Ocorre principalmente quando os níveis de cálcio, oxalato, ou ácido úrico estão exageradamente elevados, ou os níveis de alguns fatores que impedem a aglomeração de cristais estão baixos.

Com esse desbalanceamento algumas substâncias se aglomeram e precipitam formando cristais que com o tempo formam pedras. Exatamente por isso, o cálculo renal é popularmente conhecido como pedras nos rins.

Embora o nome nos leve a pensar que o cálculo renal ocorre apenas nos rins, as pedras podem ser encontradas em qualquer local do trato urinário.

Um remédio para cálculo renal que está gerando ótimos resultados é o pó dissolvente, ele é fornecido exclusivamente por uma farmácia de Belo Horizonte que é tradicional no mercado, já está há mais de 80 anos no mercado.

Tipos de cálculo renal

Existem 4 tipos de cálculo renal. A diferença entre eles, está na formação das pedras e em suas características.

Cálculos renais de cálcio

Os cálculos causados pelo cálcio são os mais comuns dentre os casos. De modo geral, costumam acometer mais homens em idade entre 20 e 30 anos. Embora sejam facilmente tratados, eles costumam reaparecer.

Algumas doenças podem facilitar a formação das pedras como, por exemplo, doenças no intestino e distúrbios metabólicos.

Cálculos renais de Cistina

Pessoas que possuem Cistiurina, uma doença renal hereditária, correm o risco de desenvolver cálculos renais de cistina. Estatisticamente ocorre de igualmente em Homens e Mulheres.

calculo renal afeta as mulheres também
calculo renal afeta as mulheres também

Cálculos renais de estruvita

Esse tipo de cálculo renal, acontece predominantemente em mulheres. Principalmente quando estas passam por infecções urinárias. Trata-se de um tipo de cálculo renal especialmente perigoso em razão do tamanho que as pedras podem chegar. Existem casos documentados de pedras de estruvita que chegaram a crescer a ponto de bloquear o ureter, bem como casos em que elas bloquearem a bexiga e o rim.

Cálculos de ácido úrico

Esse é o tipo menos comum de cálculo renal. Entre os tipos, o cálculo de renal de ácido úrico atinge cerca de 7% dos pacientes. Isso porque sua formação se dá prioritariamente em pacientes que já possuem elevada concentração de ácido úrico no corpo.

Estatisticamente tem afetado mais homens do que mulheres. Alguns fatores que auxiliam na promoção dos cálculos renais de ácido úrico são dietas ricas em proteína, tratamentos quimioterápicos e quadros de gota.

Sintomas

calculo renal gera dores nas lombares

 

O Cálculo Renal é um problema que em partes não possui sintomas. Quando as pedras estão presentes no rim, não causam dores. Entretanto, ao se desprender ou se movimentarem do órgão acabam obstruindo o ureter e por isso a dor acontece.

Apesar de possuir diversos sintomas, existem três que é preciso muita atenção e cuidado:

Sangue na urina

Um sintoma de que as pedras no rim estão causando sérios problemas dentro do sistema excretor é a presença de sangue na urina. Devido aos rins fazerem a filtragem do sangue, é possível que o cálculo nos rins permita a passagem de células sanguíneas para o sistema excretor.

Além disso, caso a pedra se desloque para o canal urinário, dependendo do seu tamanho ela pode danificá-lo internamente causando o sangramento. Podendo inclusive levar a outros quadros como infecções.

Excesso ou diminuição de líquido urinário

Se você manteve sua rotina de ingestão de líquidos, alimentos, exercícios e houve uma mudança na sua frequência de idas ao banheiro, saiba que pode ser um problema. É importante destacar que não precisa estar necessariamente com sangue, apenas o fato de ir mais vezes ao banheiro já é um sintoma preocupante.

Esse sintoma acontece devido ao deslocamento da pedra que pode ter danificado a sua bexiga e automaticamente interferido no fluxo urinário. Por muitas vezes isso vem acompanhado de dor, porém não é obrigatório.

Dores agudas

Outro dos sintomas de cálculo renal que são muito comuns são as dores. Essa dor normalmente é aguda e pode ser sentida na lombar, de forma unilateral e após um período de tempo passa para regiões mais baixas. Isso acontece porque é o caminho que a pedra faz até ser eliminada juntamente com a urina.

Quando se trata dos homens é possível também que sinta um desconforto nos testículos e nas mulheres nos grandes lábios, devido à propagação da dor através dos músculos.

Náuseas e vômitos

Por fim, outro incômodo que pode surgir ao desenvolver cálculos renais sãos as náuseas e os vômitos frequentes. Embora o cálculo renal não tenha ligação direta com o estômago, as náuseas ocorrem como uma maneira de o corpo enviar um sinal de alerta em relação à situação das pedras. Normalmente esses sintomas vêm acompanhado de algum outro sintoma da doença.

Prevenção

A prevenção do cálculo renal se dá principalmente por bons hábitos alimentares.

Dentre esses hábitos, beber água em quantidade ideal durante o dia é um dos fatores mais importantes. Além disso, é preciso estar atento a quantidade de sal nas refeições já que em excesso ele facilita o surgimento do cálculo renal.

Principalmente para quem faz a ingestão de suplementos, é importante manter os níveis de cálcio e de proteínas ingeridas sempre muito bem balanceados para evitar o surgimento do cálculo renal.

Tratamento

O tratamento para cálculo renal dependerá do tamanho, da quantidade de pedras e do local onde elas se depositaram.

Quando a situação é descoberta cedo e as pedras ainda estão pequenas, costuma ser dispensável os tratamentos invasivos como cirurgias.

Medidas como beber água e tomar algum medicamento já poderá ser o suficiente para eliminar as pedras pela urina. É possível que alguns analgésicos também sejam receitados para aliviar dores decorrentes do cálculo renal.

Para situações em que as pedras são grandes e não poderão ser expelidas naturalmente pela urina será necessário outro tipo de tratamento. Isso porque elas são mais perigosas já que podem causar danos graves aos rins.

O mais comum é o médico optar por uma cirurgia que retire essas pedras.

Agora que você já sabe que os sintomas do Cálculo Renal são muito evidentes e que precisam ser tratados, não deixe de ficar atento. Lembre-se também de consultar o seu médico regularmente e consumir os líquidos adequados.

Dessa forma, é possível fazer a devida prevenção, sem que a doença avance.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.