Saiba porque vale a pena montar um Delivery em 2021!

Você sabia que 700 mil empresas tiveram de fechar as portas desde o início da crise do novo coronavírus?

Pois é! Esse foi um impacto significativo que o país recebeu na sua economia desde março de 2020. No entanto, nem todas as áreas tiveram quedas tão significativas assim.

O mercado delivery cresceu durante a pandemia e salvou empresas da falência no setor gastronômico, por exemplo.

Para se ter uma ideia, o faturamento de aplicativos delivery, como Rappi, iFood ou Uber Eats, dobrou no primeiro semestre do ano alimentado justamente pelo fato de que as pessoas estão mais tempo em casa. Assim, eles ajudaram os restaurantes a conseguir se manter de pé mesmo sem poder receber os clientes no seu salão.

Dessa forma, foi possível que as empresas seguissem trabalhando, mesmo com um faturamento um pouco menor.

Quer saber como o mercado delivery cresceu durante a pandemia e salvou empresas da falência? Então siga a leitura abaixo!

Mercado delivery cresce durante pandemia e salva empresas da falência: como aconteceu?

A pandemia do novo coronavírus trouxe uma série de problemas e desafios para o setor alimentício.

O principal deles foi o fato de que praticamente todo o Brasil decretou lockdowns com os estabelecimentos fechados, incluindo, claro, restaurantes e outras empresas do segmento.

Como não era possível atender o público presencialmente, os restaurantes perderam a sua principal fonte de renda. Afinal, de acordo com algumas estimativas do mercado, o atendimento presencial correspondia a 70% de todo o faturamento dos restaurantes (com algumas empresas chegando a 100%).

Isso significava que sim, algumas empresas já trabalhavam com delivery, mas apenas para uma parte do faturamento. Não dava nem para pagar os custos, já que o setor de alimentação tem margens de lucro historicamente baixas.

Com o fim do atendimento presencial durante o lockdown, os restaurantes estavam fadados a fechar as portas pois não seria possível pagar o salário dos funcionários. No entanto, o mercado de delivery apareceu.

Os aplicativos de delivery, como Rappi, iFood ou Uber Eats, apresentaram um crescimento de mais de 100% no faturamento no primeiro semestre do ano. Isso significa que eles se tornaram a principal opção dos consumidores que queriam comer em restaurantes, mas estavam em casa de quarentena.

Na prática, isso permitiu que as empresas do setor ganhassem uma sobrevida significativa. Afinal, poderiam trabalhar com o atendimento via aplicativos e faturar um bom valor, o suficiente para pagar todos os custos e ainda gerar algum lucro.

É claro que a tendência é que os atendimentos presenciais também retornem assim que for seguro, mas o delivery se tornou uma verdadeira salvação para as empresas da área.

De que maneira ter mais sucesso dentro do mercado delivery?

Agora que já vimos como o mercado de delivery foi importante e ainda o é, precisamos entender como ter mais sucesso nessa área. Por isso, veja algumas dicas abaixo para colocá-las em prática na sua empresa!

Integre os aplicativos de delivery em outras estratégias

Imagine que você queira trabalhar com delivery de hambúrguer no Rappi, por exemplo. Isso significa que a sua hamburgueria teria uma página própria dentro do aplicativo, que pode ser acessada por um link em específico.

É importante usar esse link e integrá-lo em todas as suas estratégias de divulgação de modo a direcionar as pessoas para lá. Por exemplo, fez um anúncio pago no Instagram? Use esse link como CTA. A ideia é que o usuário veja o anúncio na rede social, clique e já faça o pedido no aplicativo.

Tenha boas imagens

Quando for montar seu cardápio no aplicativo de delivery, tenha boas imagens para usar. Isso porque é essencial se destacar visualmente dos seus concorrentes, o que só pode ser feito com boas imagens.

Em hipótese alguma use imagens de um banco de dados padrão ou encontradas na Internet. Além de ser contra as regras, ainda levanta suspeitas no consumidor, que se sentirá desmotivado a comprar.

Monte um cardápio estratégico

Por fim, não esqueça de montar um cardápio estratégico. No delivery, não adianta ter muitos itens no cardápio pois isso cansa o usuário. O ideal é ter alguns itens e alguns combos bem planejados para convencer o cliente a fazer o pedido.

O delivery continuará popular no pós-pandemia?

Sim, com certeza. É claro que o atendimento presencial retornará no pós-pandemia, especialmente porque as pessoas se sentirão cansadas de ficar em casa e não poder sair.

No entanto, o delivery já ganhou um lugar cativo na sociedade e permanecerá como uma força significativa nos próximos anos.

Viu como o mercado delivery cresceu durante pandemia e salvou empresas da falência?

Agora que você já entendeu a importância do delivery para o setor, poderá preparar o seu negócio para trabalhar melhor com essa nova realidade.

Hoje em dia, existem muitos restaurantes que trabalham apenas com delivery, sabia? Claro que talvez esse não seja o melhor modelo de negócio para você, mas prova como o delivery é uma boa opção.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe-o nas suas redes sociais!

Tags:

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.